Sem motivação...



Hoje acordei meio sei lá...
Desanimada,com o coração apertado e com aquela sensação de que estou fracassando em tudo que faço.
Estou completamente sem motivação na parte profissional,é sempre as mesmas coisas nada muda, faço tanto e não tenho nenhum reconhecimento, é como se nada fosse o bastante.
Será que o erro esta em mim, será que eu deveria esperar menos? Já são tantos anos de dedicação e as coisas continuam como antes.
Tenho me dedicado a minha paixão de infância que é a fotografia, e mesmo sem receber nada em troca, me sinto completa e ainda mais apaixonada, tem sido gratificante a cada nova foto, um novo sorriso. Queria poder abrir mão do meu trabalho pra viver intensamente de fotografia, mais sei por enquanto é impossível.
Queria que esse desanimo passasse, e que minha alegria de levantar todas as manhãs pra trabalhar voltasse com tudo...
Desculpem o desabafo....

2 anos sem você...

Lágrimas nos olhos
Coração em frangalhos
É assim que passei os últimos 2 anos.
A dor aumenta mês a mês, lembro-me da ansiedade, das manobras pro papai do desconfiar, ele me deixou no trabalho e eu tratei logo de mudar a minha rota andei 30 minutos debaixo de um sol escaldante, até a clínica mais próxima para fazer o exame, me atrasei para o trabalho e escondi o meu braço a noite toda para ninguém desconfiar.
Passei o dia ansiosa, os preparativos para montar a árvore de Natal da loja estavam a mil e eu não conseguia sair da frente do computador, atualizando de minuto em minuto para ver se o resultado aparecia.
Quando finalmente apareceu eu tomei um susto, um misto de sentimentos invadiu meu coração, minha reação foi correr para o banheiro, me ajoelhei e agradeci a Deus por ter nos dado o nosso milagre.
A felicidade era tamanha que eu não conseguia parar de sorrir.
Mesmo com o beta em mãos, e com um resultado alto, eu fui pesquisar pra ter certeza de que eu não estava louca rs.
Pra garantir rs, como se o resultado de sangue pudesse ter algum erro, comprei um teste, ao longo daqueles anos de tentativas até fiz amizade com o pessoal da farmácia, todo mês era 3 testes, o pessoal já conhecia minha voz e já sabiam o que eu iria pedir.
Com o teste em mãos, decidi fazê-lo as 5 da manhã, não preguei os olhos, não queria que seu papai acordasse, fiz o teste e na hora as duas listras apareceram, fortes e lindas como eu jamais havia visto. Chorei das 5 as 7:20 quando me levantei para ir ao trabalho.
Pensei em mil formas de contar a novidade para o papai, escrevi uma carta, coloquei em uma caixinha junto com o teste e o exame de sangue e o levei pra jantar fora.
Ao entregar a caixinha em suas mãos comecei a filmar, a emoção tomou conta de nós e ali no meio daquela praça choramos de alegria pelo presente que Deus havia nos dado.
Há coisas em nossas vidas que não podem ser explicadas, fomos do céu ao inferno em questão de dias.
Jamais em minha vida imaginei sentir tanta dor, dor essa que me acompanha diariamente, quem me vê sempre sorrindo, a piadista da turma, aquela que se desdobra pra arrancar sorrisos de alguém, não imagina que eu viva em uma constante agonia, que as vezes a tristeza é tão grande que eu não tenho forças pra sair de dentro de casa.
Meu filho se foi é com ele foi a melhor parte de mim, o que sobrou de mim são apenas pedaços de uma pessoa machucada.
Filho 2 anos se passaram e a mamãe ainda sente a mesma dor, a mesma tristeza, não a um só dia que eu não chore ao me lembrar de ti.
Daria tudo pra ter vc aqui, sentir o teu cheirinho, me acalentar nos teus abraços e ficar embasbacada com a sua esperteza.
Embora eu ouça constantemente que devo esquecer o que passou, sinto que isso jamais passará, que mãe que esquece um filho?
Não existe dor maior, não existe amor maior do que o meu por você.
Mamãe e Papai pra sempre vão te amar ....
Pra sempre, sempre meu anjinho(a)